Dia 08 de Março é o Dia Internacional da Mulher

Nós, mulheres, sabemos que as conquistas que temos hoje se deram às custas de muita luta. São muitas as brasileiras que vieram antes de nós e hoje nos inspiram. Mulheres que abriram caminho para que tivéssemos direitos e por isso são parte da nossa história.

Mas cada brasileira também tem sua história de luta. Seja para sustentar a família, criar os filhos, ingressar e ascender no mercado de trabalho. Eu também tenho a minha: ainda muito jovem, como Secretária de Saúde, percebi que minha vocação é a de ajudar as pessoas. E nessa caminhada, cheguei até Brasília.

Hoje, no meu segundo mandato como deputada federal, faço parte das poucas mulheres presentes no Congresso Nacional, o que aumenta minha responsabilidade. Por isso, procuro levar àquelas que me elegeram ou mesmo as que acreditam no meu mandato a importância da participação feminina na política.

A luta por um mundo mais justo ainda continua. Por conta de uma cultura machista que persiste em ditar nossas ações, precisamos frequentemente reafirmar nosso direito de decidir em quem votar, de ter opinião sobre política, de poder trabalhar na carreira que quisermos, de ir e vir sem que soframos constrangimento ou violência.

Por isso, as políticas públicas precisam ser pensadas por homens e mulheres em uma condição de igualdade, pois juntos temos muito a contribuir para pensar que futuro queremos para nós e nossos filhos.

Pensando nisso, criei em 2020 um fórum de discussão: o Vozes Femininas do Paraná, um espaço para que as mulheres paranaenses falem e sejam ouvidas. Um fórum onde são compartilhadas experiências entre gestoras públicas,vereadoras e especialistas.

Além disso, tenho estimulado que cada município do nosso Estado conte com uma Procuradoria da Mulher. Já foram 29 criadas em apenas dois anos, inclusive na Assembleia Legislativa do Paraná. Esses espaços fornecem tanto orientações para as mulheres que se encontram em situação de violência, quanto fiscalizam as ações do poder público para tornar as cidades e o Estado mais seguros para as mulheres.

É urgente a necessidade de acharmos soluções para acabar com a impunidade quando o assunto é violência contra a mulher. Mais uma pandemia que temos que enfrentar.

Por isso, neste mês de março, convido você para caminharmos juntas fortalecendo nossos direitos e apoiarmos umas às outras na busca de um País melhor. Tenho certeza que quanto mais mulheres pensarem o Brasil, mais ele trilhará o caminho da democracia com justiça social.
Fonte: Deputada Leandre Dal Ponte
Link Encurtado:
https://bit.ly/38gdGkk