A ideia do município é construir um Centro de Convivência da Mulher; prefeito, vice-prefeito, vereadores e idealizadoras do projeto participaram de reunião on-line com a deputada

Representantes do município de Enéas Marques apresentaram, na noite desta quarta-feira (10) para a deputada Leandre Dal Ponte (PV-PR) um projeto para construção de um Centro de Convivência da Mulher, em Enéas Marques.

Além da deputada e do chefe de gabinete, Flores Pilarski, participaram da reunião on-line, a assessora parlamentar, Anne Cristina Cavali, o prefeito de Enéas Marques, Edson Lupatini, a primeira-dama, Elizabeth Koltz, do vice-prefeito, Anésio Wessling, da vereadora, Jussandra Cattâneo, e do vereador, Juca Paludo.

A proposta consiste na  criação de um Centro de Convivência da Mulher, com programas direcionados às necessidades das mulheres do município e a implantação de uma Procuradoria da Mulher. O objetivo é a formação de um espaço destinado aos cuidados preventivos de saúde, qualidade de vida, bem-estar feminino, formação, qualificação profissional, construção de autonomia em questões familiares, de trabalho, relações sociais e públicas.

Dentro das atividades propostas, estão atividades culturais e até mesmo de incentivo econômico. Como por exemplo: salas de cinema, palestras, oficinas de arte e empreendedorismo.

Para abrigar o projeto, os representantes de Enéas Marques solicitaram apoio da deputada federal Leandre para reformar o prédio da antiga Escola Municipal Criança Feliz.

A apresentação do projeto foi feita pela primeira-dama, Elizabeth Koltz e pela vereadora Jussandra. “A Jussandra teve essa excelente ideia da abertura do centro de convivência. E a ideia me agradou tanto, que eu abracei essa proposta de uma forma que ela é nossa já, do prefeito. E a gente também já está vendo muitas voluntárias apoiando”, afirmou a primeira-dama, Elizabeth.

A vereadora afirma que as mulheres do município, há tempos, reclamam da falta de um espaço só para elas.

“Não tínhamos um espaço para as mulheres se encontrarem, a não ser na igreja. Mas na igreja vai a família toda. O homem vai para o futebol, vai para o bar, e o horário de lazer delas é sempre em casa. E também as mulheres que trabalham na fábrica, se queixaram de um espaço para atividade física, para se encontrar, um espaço para meditação, fortalecimento”, relatou.

A deputada Leandre elogiou bastante o projeto e afirmou que vai estar junto com o projeto “O projeto é maravilhoso, sistematizado, e com o pé no chão”, afirmou a parlamentar.
“Eu não tenho dúvida do sucesso que vai ser esse projeto aí em Enéas. É algo que vai se fortalecer e vai virar uma política de Estado. Também gostei muito da ideia de envolver a Procuradoria da Mulher no projeto”, concluiu.

 
Fonte: Assessoria de Imprensa
Link Encurtado:
https://bit.ly/2PT80qi