Governo possui uma reserva estratégica de vacinas; deputada solicita que imunizantes sejam enviados ao Estado do Paraná

A situação urgente do Estado do Paraná no combate à pandemia motivaram a deputada federal Leandre Dal Ponte (PV-PR) a enviar um ofício ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, solicitando o envio para o Paraná do estoque estratégico de vacinas do Governo Federal.

A informação de que o governo detém 5% de todas as doses que foram recebidas, como uma reserva estratégica, foi repassada, durante uma reunião da Comissão Externa da Câmara dos Deputados destinada a acompanhar o Enfrentamento à Pandemia da Covid-19 no Brasil.

Nas últimas semanas, houve um aumento expressivo de contaminações no Paraná, além de ter sido constatada uma nova variante do vírus circulando no Estado.
 
“Ontem, batemos recorde de mortes: 2.840 óbitos no Brasil. Destes, mais de 300 foram no Paraná, em um único dia. Os casos estão crescendo de forma exponencial, e temos uma fila com mais de mil pessoas aguardando internamento. Nosso sistema está esgotado”, contextualizou a deputada.


O boletim atualizado da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (SESA), na quarta-feira (17) traz que o Estado já acumula 769.966 e 14.087 mortes por complicações da Covid-19.

Agravante

No documento para o Ministério da Saúde, Leandre também aponta que o Centro de Medicamentos do Paraná (CEMEPAR) informou que o estoque de medicamentos utilizados no processo de intubação está terminando. Sobre a falta de insumos, Leandre reuniu-se com o secretário de atenção especializada à saúde do Governo Federal, Luiz Otávio Franco Duarte.

“A situação urgente do Estado do Paraná justifica esta solicitação. É um conjunto de fatores que agravam a situação da pandemia no nosso Estado. Tenho certeza que estas doses de vacina, disponíveis como reserva estratégica, chegariam em boa hora para diminuir a contaminação”, pontuou a deputada.

 
Fonte: Assessoria de Imprensa
Link Encurtado:
https://bit.ly/2OJREjl