Deputada enfatiza a importância de vacinar, também, cuidadores de idosos e pede a imediata instalação da comissão para debater a Política Nacional do Cuidado

A CIDOSO (Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa) aprovou, nesta quinta-feira (18), um requerimento apresentado pela deputada federal Leandre Dal Ponte (PV-PR), solicitando informações sobre a vacinação de idosos contra Covid-19 no Brasil ao Ministério da Saúde.

Nesta semana, a coordenadora geral do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Francieli Fontana, apresentou os dados da vacinação no Brasil, em reunião na Comissão Externa da Câmara dos Deputados destinada a acompanhar o Enfrentamento à Pandemia da Covid-19. Segundo ela, todas as pessoas com 60 anos ou mais, que vivem em instituições de longa permanência já foram vacinadas. Assim como todas as pessoas idosas com idade acima dos 80 anos.
 


“Gostaria de saber os critérios utilizados e se todas as instituições de longa permanência do Brasil entraram nesta lista, ou apenas as inscritas no CadSuas?”, questiona a deputada. O Cadsuas é o sistema de cadastro do Sistema Único de Assistência Social. “Também precisamos saber se todos os profissionais que trabalham nessas instituições foram vacinados”, continuou.


Cuidadores de Idosos


A deputada enfatizou a necessidade de vacinar, também, os cuidadores de idosos, que trabalham fora dos asilos. Segundo ela, embora o idoso esteja vacinado, é importante também imunizar os cuidadores. “Se um cuidador fica doente, não é fácil encontrar profissionais dessa área para trabalhar. Pois, infelizmente, essa profissão não é valorizada, nem regulamentada”.

Em 2019, o presidente da República vetou um projeto de lei, aprovado pelo parlamento, que regulamentava a profissão de cuidador (de idosos, crianças, pessoas com deficiência ou com doenças raras).

Política Nacional do Cuidado


Na mesma linha, tramita na Câmara dos Deputados, um projeto de autoria da deputada Leandre, que cria no Brasil a Política Nacional do Cuidado. Inclusive, uma comissão especial foi criada na Câmara para debater o PL 5.791/2019. No entanto, por conta da pandemia, os trabalhos da comissão ainda não iniciaram.
 


“Solicitei ao presidente da Câmara para dar início aos trabalhos desta comissão especial o mais rápido possível”, afirmou Leandre.


Segundo ela, se o Brasil já tivesse uma Política Nacional do Cuidado, estaria mais bem preparado, e com um sistema de cuidado mais bem estruturado para enfrentar a pandemia.

 
Fonte: Assessoria de Imprensa
Link Encurtado:
https://bit.ly/3vN00rt