Sugestão ao Ministério da Saúde para incluir cuidadores no grupo preferencial para vacinação contra Covid-19 foi aprovado por comissão da Câmara dos Deputados

Os deputados que integram a CIDOSO (Comissão de Defesa dos Direitos Da Pessoa Idosa) da Câmara dos Deputados aprovaram, nesta quinta-feira (25), um requerimento de autoria da deputada Leandre (PV-PR) que sugere ao Ministério da Saúde a inclusão de cuidadores de idosos dentro do grupo preferencial para vacinação contra a Covid-19.

Na justificativa do requerimento, Leandre lembra que as pessoas idosas são as mais atingidas pela COVID-19.  “Sabemos que os idosos que vivem em instituições de longa permanência, em sua maioria, já foram vacinados. Mas muitos idosos no Brasil não estão institucionalizados, e mesmo assim necessitam de cuidados permanentes”, destacou.

Por isso, segundo ela, os cuidadores, sejam familiares ou profissionais, remunerados ou não, precisam receber um tratamento diferenciado e, também, receber a vacina contra Covid-19 o quanto antes.

Faltam profissionais

Outro ponto destacado pela parlamentar é a escassez de profissionais no mercado. “Se um cuidador ficar doente, é muito difícil você conseguir repor este profissional. “Infelizmente, não temos uma regulamentação da profissão de cuidador. Embora o Congresso Nacional tenha aprovado a regulamentação de cuidador, em 2019, a Lei foi vetada integralmente”,

Na opinião da congressista, caso a profissão já fosse regulamentada, atualmente, mais profissionais estariam interessados em ingressar neste mercado de trabalho.
Fonte: Assessoria de Imprensa
Link Encurtado:
https://bit.ly/2NTquq3