A homenagem concedida pela Câmara dos Deputados foi criada em 2017, após aprovação de um projeto apresentado pela deputada Leandre

A partir de terça-feira, 18 de Maio, começam as indicações para o Prêmio Zilda Arns, uma honraria entregue pela Câmara dos Deputados às pessoas ou instituições que contribuem na defesa das pessoas idosas. O prêmio foi criado em 2017, após aprovação de um projeto de lei apresentado pela deputada federal Leandre Dal Ponte (PV-PR).

Cada parlamentar (deputado ou senador) pode indicar uma pessoa ou instituição para receber o prêmio. Eles têm até o dia 31 de maio para preencher o formulário online, disponibilizado pela Segunda Secretaria da Câmara dos Deputados.

Todos os anos, são cinco homenageados. Os vencedores do Prêmio Zilda Arns são escolhidos por um Conselho Deliberativo, formado pela Segunda-Secretária, membros titulares da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (CIDOSO) e um representante de cada partido político com assento na Câmara dos Deputados.
 

Quem foi Zilda Arns

Zilda Arns foi fundadora da Pastoral da Criança e integrante do Conselho Nacional de Saúde. Ela também teve papel fundamental na criação da Pastoral da Pessoa Idosa, no ano de 2004.
 
Zilda ficou conhecida pela atuação em causas humanitárias e sanitaristas. Morreu em 2010, vítima de um terremoto que atingiu o Haiti. Ela estava no País em missão humanitária para implantação de uma Pastoral da Criança na nação caribenha.
Fonte: Assessoria de Imprensa
Link Encurtado:
https://bit.ly/3onVsnV